Russell Shedd sobre C. S. Lewis

O texto que você irá ler a seguir, é uma carta de apresentação escrita pelo Dr. Russell Phillip Shedd, um conceituado pastor e teólogo evangélico, aclamado no Brasil e no exterior. A carta foi escrita para a edição brasileira de Um ano com C. S. Lewis, publicada pela Editora Ultimato.

Dr. Russell Shedd foi um fiel mensageiro da Palavra e incansável em seu ministério, tendo percorrido todo o Brasil como conferencista e professor, pregando e palestrando em congressos, igrejas, seminários e faculdades de Teologia. Foi exemplo extraordinário de uma vida de amor à Deus e à sua Palavra. A literatura e o ensino teológico no Brasil devem muito à incansável, inspiradora e comovente dedicação desse grande servo de Deus.

Leia a carta a seguir:

“O LEITOR QUE lê pela primeira vez um escrito de C. S. Lewis tem a agradável surpresa de descobrir a criatividade de um homem que foi professor de filosofia em Oxford e de literatura em Cambridge. Ele tinha um dom extraordinário para tratar temas cristãos profundos com simplicidade e perspicácia, enquanto conduzia os pensamentos por caminhos nunca trilhados. É impossível ler esse mestre sem perguntar: “Por que eu não pensei nisso antes?”

Em 1961 fui para Cambridge a fim de pedir ao professor Lewis que me concedesse o privilégio de publicar algumas de suas obras em português. Não consegui falar diretamente com ele, pois não estava em casa naquela ocasião. Porém, foi possível lançar, com seu consentimento, pela Edições Vida Nova, as obras Cartas do Inferno, Razão do Cristianismo e Transposição (hoje, Peso de Glória).

Demorou para a fama de C. S. Lewis conquistar um número significativo de leitores no Brasil nos anos 60. Hoje não é mais assim. Lewis é conhecido porque, pouco a pouco, os brasileiros passaram a entender o que o mundo de fala inglesa já conhecia há cinquenta anos.

Neste livro (Um ano com C. S. Lewis), em doses fáceis de digerir, o leitor poderá logo compreender por que Lewis é conhecido como um dos mais influentes pensadores de sua geração. Ele é lógico, coerente e sábio. Sem ser teólogo profissional, escreve sobre teologia, história, literatura, ética e psicologia, sempre com o intuito de conduzir o leitor a pensar e querer melhorar.

Sessenta anos atrás era completamente fora de moda escrever sobre o Tentador, como Lewis fez nas Cartas para chamar a atenção dos ingleses sobre a sutileza do Diabo. Hoje, mais do que nunca, é preciso observar como o Inimigo pensa e age.

A editora Patricia Klein foi feliz na ideia de apresentar uma coleção de parágrafos para leituras diárias e, assim, permitir ao leitor fazer uma refeição leve.

Ler um livro inteiro às vezes dá indigestão, mas, em pequenas doses, a leitura pode se tornar mais sugestiva e agradável. Pode-se saborear o pensamento sem imediatamente abrir espaço para uma outra ideia. Algumas pessoas tomam vitaminas em forma de pílulas para fortalecer a saúde. Ler diariamente um parágrafo de Lewis seguramente fará muito bem para a saúde mental e espiritual, e fortalecerá o caráter cristão.

Recomendo Um Ano com C.S. Lewis sem reservas. Felicito a Editora Ultimato pela iniciativa de preparar, para os leitores de fala portuguesa, este importante e belo volume.

A Deus toda a glória!”

Russell Shedd

Produzido por
Ruan Elson
  • Johannes ad